Topo
pesquisar

Educação

Educação é uma prática social que visa garantir o desenvolvimento das potencialidades, habilidades e competências do ser humano. A educação não se limita ao ambiente escolar.
Educação é um direito primordial do indivíduo e visa ao seu pleno desenvolvimento.
Educação é um direito primordial do indivíduo e visa ao seu pleno desenvolvimento.

Educação é um direito fundamental de todo indivíduo. Refere-se ao desenvolvimento humano realizado por meio do ensino e da aprendizagem. Como um processo único de aprendizagem, a educação objetiva desenvolver e potencializar a capacidade intelectual de cada indivíduo. Esse processo está associado à formação escolar, familiar e social.

É importante dizer que a educação não deve se limitar à instrução e à transmissão do conhecimento, visto que perpassa o desenvolvimento da autonomia e do senso crítico.

Leia também: O que é preciso para aprender?

Tipos de educação

Formal

A educação formal refere-se à educação oficialmente reconhecida no país. É realizada no ambiente escolar e envolve níveis, graus, currículos e diplomas. Nesse tipo de educação, o conhecimento é formalmente apresentado por meio das disciplinas escolares e mediado por um profissional da área.

Informal

A educação informal refere-se à educação adquirida por meio da vivência, do convívio social. Não há necessariamente a formalidade de um lugar, horário ou currículo. Logo, é uma educação que acontece de maneira espontânea.

Educação escolar

Educação formal na escola
A escola é o ambiente no qual a educação é realizada formalmente.

A educação escolar é realizada formalmente em uma instituição escolar. Nesse ambiente, realiza-se uma educação planejada, que proporciona o desenvolvimento social e o aperfeiçoamento de habilidades e competências dos indivíduos. Por meio da educação escolar, a pessoa pode compreender a forma de organização e as relações estabelecidas na sociedade na qual está inserida.

Leia também: Educação básica, Filosofia e Cidadania

Educação Básica

A educação básica corresponde ao primeiro nível de ensino escolar no Brasil. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), durante a educação básica, as crianças e adolescentes devem receber a formação comum para que possam exercer a cidadania com dignidade. Além disso, esse nível de ensino deve proporcionar os conhecimentos necessários para os indivíduos avancem em seus estudos.

A educação básica brasileira é dividida em três níveis, classificados de acordo com a faixa etária:

Educação infantil

0 a 5 anos

Ensino fundamental

6 a 14 anos

Ensino médio

15 a 17 anos

É de responsabilidade dos municípios a atuação prioritária na oferta de vagas para crianças na educação infantil e ensino fundamental na rede pública de ensino. Já o estado possui o dever de oferecer o ensino fundamental de forma universal e gratuita. Cabe ao estado também o oferecimento do ensino médio.

Educação infantil

A educação infantil corresponde à primeira etapa do ensino. O objetivo dessa fase é garantir o pleno desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social de crianças de zero a cinco anos. Essa etapa divide-se em creches e pré-escolas e é oferecida em instituições públicas e particulares.

Antes de 2013, era obrigatória a matrícula nas escolas de crianças a partir de seis anos de idade. Com as alterações feitas na LDB, ficou determinado que todas as crianças que tivessem a partir de quatro anos deveriam frequentar a escola. Essa lei estabeleceu ainda que a carga mínima anual para a educação infantil fosse de 800 horas.

Ensino fundamental

O ensino fundamental corresponde à segunda etapa da educação básica. O objetivo dessa fase é propiciar ao estudante o domínio da escrita, da leitura e do cálculo. Nessa etapa, o educador auxilia o estudante a compreender o ambiente social, as questões políticas e os valores básicos da sociedade.

No ano de 2006, o ensino fundamental passou a compreender um período de nove. Essa alteração foi feita com o objetivo de aumentar o tempo de permanência das crianças no ambiente escolar. A matrícula no ensino fundamental é obrigatória para crianças de 6 a 14 anos e é de responsabilidade das famílias ou responsáveis pela criança.

Saiba mais: Alunos do ensino fundamental II

Ensino Médio

O ensino médio corresponde à terceira fase do ensino básico e tem duração de três anos. No Brasil, corresponde à última etapa da educação básica. O principal objetivo dessa fase é aprimorar os conhecimentos adquiridos durante o ensino fundamental, relacionando-os aos conhecimentos essenciais para a formação para o mercado de trabalho.

Essa fase deve oferecer também uma formação moral e ética que desenvolva a autonomia e o pensamento crítico do estudante. Para cursar o ensino médio, é obrigatória a conclusão do ensino fundamental.

Educação no Brasil

De acordo com a Constituição Federal, a educação é um direito de todos os indivíduos. Esse documento prevê também que a educação é de responsabilidade do Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, dos estados, municípios e do Distrito Federal. Além disso, o desenvolvimento do cidadão deve ser apoiado pelo Estado, pela sociedade e pela família.

O artigo 205 da Constituição Federal determina três objetivos básicos da educação:

  • Garantir o pleno desenvolvimento do indivíduo;

  • Preparar o indíviduo para o exercício da cidadania;

  • Qualificar o indivíduo para o mercado de trabalho.

Saiba mais: Educação a distância: uma realidade em nossa formação

Segundo a LDB a educação no Brasil divide-se em: educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio), educação de jovens e adultos, educação no campo, ensino técnico, ensino superior, pós-graduação/especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Importância da educação

Apoio da família na educação
A educação é efetiva quando abrange não só o âmbito formal, mas também o conhecimento adquirido por meio do apoio famíliar e do convívio social.

A educação é chave para o desenvolvimento social. Para que um sociedade desenvolva-se socialmente, politicamente e economicamente, é preciso que os indivíduos conheçam o meio no qual estão inseridos, saibam seus direitos e deveres e entendam que exercer a cidadania é um direito de todos. Tudo isso só é possível por meio da educação.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a educação deve ultrapassar os limites da educação formal, indo de encontro ao conhecimento adquirido no convívio social. Assim, investir na educação é essencial para o desenvolvimento, pois garante o aprimoramento das habilidades e competências, proporcionando o crescimento de todos os setores sociais.

Leia mais: Qualificação profissional

Frases sobre educação

Paulo Freire: “Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.”

“Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.”

Rousseau: “Nascemos fracos, precisamos de forças; nascemos estúpidos, precisamos de juízo. Tudo o que não temos ao nascer, e de que precisamos quando grandes, nos é dado pela educação.”

Albert Einstein: "Educação é aquilo que fica depois que se esquece tudo que se aprendeu na escola.”

Augusto Cury: “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.”

 

Por Rafaela Sousa
Graduada em Geografia

PUBLICIDADE

A Ausência dos Familiares no Processo de Construção dos Saberes: Saber Ser e Saber Agir de Seus Filhos Na Educação Profissional

PUBLICIDADE

A Brinquedoteca Hospitalar e sua Contribuição às Crianças Hospitalizadas: Um Estudo Na Pediatria do

A contação de histórias no psiquismo infantil

A EDUCAÇÃO COMO FONTE MINIMIZADORA DAS DIFERENÇAS ENTRE GÊNEROS E DISSEMINADORA DOS DIREITOS UNIVERSAIS

A exterioridade como fator constitutivo do sujeito: revisitando a tríade linguagem, sujeito, história

A formação de leitor crítico: uma contribuição interdisciplinar no processo ensino-aprendizagem

A leitura e a escrita na escola pública: vivendo uma experiência na Escola Municipal “EFANTINA DE QUADROS”

A LEITURA NA SALA DE AULA: UMA PROPOSTA DE TRABALHO COM O GÊNERO TIRA

A LUDICIDADE COMO RECURSO PEDAGÓGICO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA LÍNGUA ALEMÃ COMO LE PARA CRIANÇAS EM RISCO SOCIAL

A motivação na educação a distância: o papel do tutor na educação a distância - EAD pela SENASP

A relação entre motivação e autonomia no processo de ensino-aprendizagem do inglês como le para alunos do ensino fundamental II

A Violência em Sala de Aula: Uma Análise no 1° ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Professor Dubas

Afetividade e ludicidade: elementos fundamentais no processo de ensino aprendizagem das crianças hospitalizadas

AS CONCEPÇÕES DO CUIDAR E DO EDUCAR NA INFÂNCIA PRESENTES NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL, SIDROLÂNDIA, MATO GROSSO DO SUL

As Contribuições Do Ensino de Literatura Para a Formação Do Leitor No Ensino Médio

Caixa de Pandora o escândalo do partido DEM

Concepções do conceito de cidadania: análise da relação entre ensino de história e cidadania conform

Conselho Escolar: Competências e Prática na Zona Rural do Município de Areia Branca - RN

Declaração textual: um elemento linguístico-textual e discursivo estruturante dos gêneros notícia e reportagem

Desafios e Possibilidades dos Processos Educativos Desenvolvidos No Programa de medidas Sócio -Educativas Liberdade Assistida de Governador Valadares

Diálogo entre os textos: Medicina, Higiene e Educação Escolar de José G. Gondra e O Discurso Compete

Do fato ao espetáculo: o processo de produção do programa Metendo Bronca

Educação à distância, comodismo para a sociedade, reflexo na educação

Educação Especial: Atendimento Educacional Especializado dos Alunos com Deficiência Intelectual

Educação Inclusiva: desafios para a musicalização de ouvintes especiais

EDUCAÇÃO LÚDICA. Os Jogos de Tabuleiro Modernos Como Ferramenta Pedagógica

IMPACTO DA RELAÇÃO ENTRE FAMÍLIA E ESCOLA NO DESEMPENHO ACADÊMICO DO ALUNO

Impactos e mudanças no modo de vida em Planaltina com a construção da Capital Federal

Importância do Trabalho do Inspetor Escolar na Redução da Indisciplina e Construção do Conhecimento

Indisciplina e agressividade: Prevenção e intervenção no contexto escolar

Interação Entre Escola e Família no Processo de Ensino e Aprendizagem da Criança

Língua brasileira de sinais no contexto da escola bilíngue

Música e poesia: A melancolia viniciana

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO E AS PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO NA ESCOLA MARIA RAFOLS DE BREVES-PA

O brincar na educação infantil: A construção de hábitos e valores para uma proposta de educação tran

O computador na sala de aula: uma pesquisa em 03 escolas brasileiras de ensino Fundamental e médio na província de Saitama-Ken Japão

O Ensino de História Numa Perspectiva Crítica: Um estudo de caso na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Lordão – Picuí-Pb

O Papel do Coordenador Pedagógico Enquanto Agente Articulador da Formação Continuada

O pedagogo empresarial como mediador da educação ambiental na empresa

O sentimento de pertencimento à escola e a depredação do patrimônio escolar

OS DESAFIOS DA INCLUSÃO ESCOLAR NO ENSINO REGULAR PÚBLICO DE BARRA DO GARÇAS - MT: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

Palavra Cantada: A música brasileira como ferramenta pedagógica para interpretação e produção textua

PERSPECTIVAS DE UMA PROFESSORA DE INGLÊS ACERCA DO ENSINO-APRENDIZAGEM EM ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL

Possibilidades de adaptação da proposta didática de Raymond Murray Schafer para a realidade da escol

PRECONCEITO SOCIAL E LINGUÍSTICO NO ENSINO DA LÍNGUA MATERNA: Um Olhar Sociolinguístico e da Análise do Discurso

Prováveis causas em que a família influencia na indisciplina escolar

Publicidade na sala de aula: um estudo sob a perspectiva da Educomunicação

Quem tem medo da "Dez": Um estudo de caso de duas escolas públicas municipais de São Francisco do Co

Refletindo sobre as dificuldades que certos alunos brasileiros têm ao pronunciar o “TH” em inglês

Reflexões Acerca da Educação Durante a Ditadura Militar Brasileira (1964-1985)

Representações sobre a Inclusão em Escolas Regulares: Concepções de agentes educacionais e planos pe

Serviço Social e o direito da Infância e da Juventude: um debate sobre a evasão das Crianças e Adolescentes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) em São João de Meriti

SISTEMA EDUCACENSO NO CONTEXTO DA DEMOCRATIZAÇÃO DA PRIMEIRA INFÂNCIA NO MUNICÍPIO DE GOVERNADOR EDISON LOBÃO

Substantivo e Adjetivo

Um Olhar Sobre a Lei da Política Muncipal de Educação Ambiental de Mossoró-RN

UMA ANÁLISE SOCIOLÓGICA DA VOLUBILIDADE DO NARRADOR MACHADIANO NO ROMANCE MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Monografias Brasil Escola