NÚCLEO ASSISTENCIAL ANJOS DA NOITE: LOGÍSTICA E COTIDIANO

Educação

logística de suprimentos, armazenamento no estoque, análise de demanda, movimentação e manuseio de materiais, os quais compreendem principalmente, o recebimento e a distribuição de alimentos e roupas do Núcleo Assistencial Anjos da Noite.

índice

1. RESUMO

Pretende-se nesse projeto abordar logística de suprimentos, armazenamento no estoque, análise de demanda, movimentação e manuseio de materiais, os quais compreendem principalmente, o recebimento e a distribuição de alimentos e roupas do Núcleo Assistencial Anjos da Noite, que assiste moradores de calçada na região central da cidade de São Paulo, tentando suprir algumas de suas necessidades. O projeto consiste basicamente em, depois de identificar como os processos são realizados, propor melhorias no desenvolvimento desses processos logísticos do Núcleo Assistencial, além de visar uma ampliação da sua divulgação com a finalidade de atrair mais colaboradores, tais propostas serão pautadas em análises feitas por meio de pesquisas de campo, virtuais e entrevistas.

2. INTRODUÇÃO TEÓRICA

O Núcleo Assistencial Anjos da Noite é uma instituição sem fins lucrativos, de caráter filosófico, conforme consulta ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), tem como missão “trabalhar pelo resgate da autoestima das pessoas em situação de rua, a fim de possibilitar a sua reintegração social.” (ANJOS DA NOITE, 2013)

A quebra de paradigmas, o estímulo, a criatividade e o amor ao próximo são valores almejados pela instituição tendo como foco fornecer qualidade de vida e esperança para aqueles moradores de rua, que não veem uma vida melhor para tal situação.

2.1. CONTEXTO HISTÓRICO

É muito comum ver pessoas morando nas ruas, principalmente, nos centros urbanos das grandes cidades. A figura do moradores de rua tornou-se parte de um cenário que se confunde e, ao mesmo tempo, se mistura com a paisagem, as praças e viadutos das metrópoles e faz desses lugares públicos seu local de moradia e vida. (GUEDES, Walkiria; 2014, p. 77)

O ingresso na rua representa a ruptura dos indivíduos com laços sociais fundamentais para a sua aceitabilidade na sociedade, situando-os em um contexto de extrema exclusão. (SOUSA, Anne; 2012, p.133)

Esses indivíduos inseridos em sociedades excludentes, na maioria das vezes “sofrem o processo específico de não ingressarem no mundo dos direitos ou dele serem expulsos, parcial ou totalmente” (NASCIMENTO, 2003 apud SOUSA, 2012 p. 135), cabendo a eles arcar com suas próprias necessidades. (…) O Brasil nunca teve um Estado de Bem-Estar Social, contando com uma reduzida participação do Estado nos problemas sociais que acometem sua população mais precária. (SOUSA, Anne; 2012, p.135)

A partir da década de 1990, assistimos a uma expansão das chamadas organizações não governamentais - ONGs. É expressiva a relevância que as ONGs exercem no mundo (FALCONER; FISCHER, 1998). [...] De modo geral, as ONGs podem se definidas como um grupo de pessoas que se organizam, formal e autonomamente, para executar ações no campo das políticas públicas, ou seja, para buscarem resposta a problemas da sociedade nas mais diversas áreas: educacional, política, econômica, cultural, de saúde etc., e pelo legítimo exercício de pressões políticas em proveito de populações excluídas das condições da cidadania, sem objetivo de fins lucrativos (CICONELLO, 2003).

As ONGs não se expandem apenas quantitativamente, mas também como relevante agente social no cenário contemporâneo, ocupando espaços onde os governos e empresas mercantis não conseguem ou não se propõem a atuar com efetividade nas respostas aos problemas sociais que assolam nossa sociedade. (JÚNIOR, 2006)

2.2. HIPÓTESE

A hipótese está relacionada aos problemas logísticos enfrentados pelo crescimento do número de pessoas a serem atendidas pelo Núcleo Assistencial Anjos da Noite, e propõe a possibilidade de aplicar, seja no processo de divulgação, de acesso ou de crescimento no número de voluntários, uma estratégia que possibilite uma melhoria quantitativa e qualitativa do atendimento social.

2.3. DESCRIÇÃO DO TEXTO

O texto a seguir apresentará justificativa, objetivos, integração, possível forma de apresentação e metodologia, cronograma e resultados esperados.

3. JUSTIFICATIVA

A cidade de São Paulo é uma metrópole que possui muitos moradores de rua que não têm suas necessidades básicas atendidas, como por exemplo, alimentação, higiene, moradia, vestimentas, entre outras. Por tal razão, algumas pessoas se unem em ONGs (Organizações Não Governamentais) e Núcleos Assistenciais para tentar suprir algumas dessas necessidades; um ato nobre que demonstra a preocupação e empatia de poucas pessoas, comparado à quantidade de habitantes da cidade de São Paulo que poderiam ajudar nessa causa.

Diante disso, é importante obter o conhecimento das causas que os movem, o impacto que isso traz os objetivos que tentam alcançar e o que os impede de construir uma cidade mais igual para todos.

4. OBJETIVOS

4.1. OBJETIVO GERAL

Conhecer a estrutura de funcionamento do Núcleo Assistencial Anjos da Noite para que se possa auxiliar em seu processo logístico, bem como possibilitar que o trabalho seja conhecido por mais pessoas que possam se interessar pela causa.

4.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Entender sua realidade e sua logística de suprimentos, armazenamento no estoque, análise de demanda, movimentação e manuseio de materiais, os quais compreendem principalmente, o recebimento e a distribuição de alimentos, roupas, entre outros.

  • Planejar a estrutura do processo logístico que possibilite a melhor gestão do trabalho e do tempo do Núcleo.

  • Auxiliar na divulgação das propostas do Núcleo que possibilite conquistar novos voluntários e novos doadores.

  • Fazer campanhas no Instituto Federal de São Paulo destinadas a arrecadação de roupas e alimentos.

5. INTEGRAÇÃO

Devido a possível forma de apresentação ser um curta-metragem estão envolvidos: o cinema e as suas possibilidades discursivas, documentário como denúncia, produção audiovisual e roteiro. Esse contexto se refere a matéria que foi vista durante as aulas de artes no primeiro ano.

O tema, em geral, aborda discussões sobre o cidadão e a cidadania que compreendem os direitos, a relação entre mim e o outro e os obstáculos do exercício e cidadania. Como visto nas aulas de filosofia. Também é perceptível através do estudo nas aulas de sociologia sobre a estrutura de uma sociedade desigual.

Nas aulas de geografia, discutiu-se sobre a população por meio dos aspectos demográficos e estrutura da população brasileira; abrangendo também o capitalismo como um fator para a desigualdade social.

Será pesquisado como funciona a logística do Núcleo Assistencial, que envolve a administração de estoques, conforme aprendido na matéria do técnico em logística: planejamento de programa e controle de produção. Após a compreensão da pesquisa, será aplicado os 5 sensos de organização no Núcleo, para uma maior gestão do local, o tornando um ambiente mais agradável para o trabalho voluntariado. Tal matéria foi estudada em gestão da qualidade e produtividade.

6. APRESENTAÇÃO E METODOLOGIA

A apresentação do trabalho se dará em forma de um curta informativo sobre o Núcleo Assistencial Anjos da Noite que abordará informações sobre os métodos e meios utilizados para seu funcionamento, tendo como foco principalmente os problemas e dificuldades percebidas na área de logística, bem como, no decorrer do mesmo, indicar caminhos que possibilitem a melhoria em suas estratégias.

As imagens para a realização do curta serão adquiridas por meio das campanhas feitas no decorrer do projeto com o intuito de maximizar as campanhas já existentes e se possível auxiliar com a criação de outras. Também serão obtidas imagens por meio das interlocuções e entrevistas com os voluntários e colaboradores que presenciam a rotina logística do Núcleo Assistencial, tais elementos serão coletados em visitas ao mesmo e em diálogos com pessoas que englobam seu trabalho e recebem seu auxílio.

Ao longo da criação do roteiro, que será feito a partir dos pontos já previstos nos objetivos, acontecerá à coleta do material. Posteriormente haverá uma seleção de imagens e entrevistas que irão compor a montagem do curta- metragem.

7. DESENVOLVIMENTO

7.1. HISTÓRIA DO NÚCLEO ASSISTENCIAL

Numa noite de garoa, com temperatura por volta de 4ºC, Kaká (presidente do Núcleo Assistencial) estava voltando de viagem em seu carro com, quando se deparou com um senhor de aproximadamente 60 anos, que vestia apenas uma camiseta e uma bermuda. Então Kaká parou o carro e resolveu dar uma troca de roupas que estava em sua mala. Depois de trocar a roupa molhada, incluindo sapatos e um sobretudo, esse senhor olhou e disse: “Você é um anjo da noite”. Ao chegar em casa, ele adormeceu e sonhou que estava no mesmo local onde doou as roupas e se viu dando comida e roupas a muitas pessoas, onde aquele senhor continuava dizendo: “Você é um Anjo da Noite”. Kaká acordou sem esquecer o sonho e resolveu chamar alguns amigos e sair às ruas para distribuir alimentos; fez uma sopa muito suculenta para aproximadamente 100 pessoas e foram a Rua Amaral Gurgel para distribuí-lo. Foi tão importante e gratificante que Kaká resolveu adotar o nome sugerido pelo senhor. Passaram a arrecadar com seus amigos, familiares e vizinhos, alimentos, roupas, calçados, agasalhos e cobertores para que dessa forma pudesse diminuir, pelo menos um pouco, o sofrimento das famílias carentes que vivem e dormem nas ruas.

7.2. MISSÃO

O Núcleo Assistencial tem como missão, trabalhar pelo resgate da autoestima das pessoas em situação de rua, a fim de possibilitar a sua reintegração social. Para atingir esse propósito, trabalham com os mecanismos que possibilitam as pessoas atendidas por eles, voltarem a ter capacidade de viver em sociedade; avaliando os diferentes pontos de vista, também estimulam a criatividade e o amor ao próximo. O projeto de trazer um futuro melhor para as pessoas, através da transparência e foco, tem como essência, o respeito mútuo, a integridade e agir sempre com amor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

8. RESULTADOS

8.1. RESULTADOS LOGÍSTICOS

Na primeira fase do projeto, foi estudado a logística de recebimento de vestimentas e alimentos. É retratada no Anexo 1, Imagem 1, a atual logística de vestimentas, a qual foi proposta uma melhoria.

A entrada das roupas é dada por meio de doações, que são entregues diretamente na sede do núcleo. Logo que chegam são armazenadas sem nenhum controle de qualidade e seleção, masculino feminino e estação do ano, por exemplo.

Apenas no dia da distribuição de marmitas, todos os sábados, as roupas passam por um controle de qualidade e seleção, o que afeta todo o processo logístico das marmitas, pois tal seleção é feita no local de expedição dessas.

Após a separação, são ensacadas, identificadas de acordo com gênero, estação do ano e tamanho e são levadas para uma das duas Kombis, pois serão distribuídas no centro de São Paulo.

Como proposta, foi proposto outro fluxograma (Anexo 1, Imagem 2), da logística de vestimentas ideal.

A entrada das roupas é dada da mesma forma, por meio de doações. Após a chegada passam por um controle de qualidade e seleção, pois quando armazenadas corretamente na semana, nos dias de distribuição não há preocupação com essas duas fases.

Sendo assim no sábado são ensacadas as roupas que serão entregues no dia e colocadas em umas das Kombis para a distribuição junto com as refeições do dia, sem ocorrer atrasos e conflito logístico com a expedição das marmitas.

Ao analisar a logística de suprimentos das marmitas, não foi detectada nenhuma falha processual, apenas intervenção do processo logístico de vestimentas, como relatado no Anexo 1, Imagem 3.

A entrada de suprimentos, também é dada por meio de doações. Logo que chegam são selecionadas e armazenadas de acordo com data de validade e tipo de alimento.

Nos sábados, ocorre a produção do produto final (marmita), de acordo do que tem disponível no estoque. Desde o processo de cozimento dos alimentos até o fechamento das marmitas, ocorre uma linha de produção contínua.

Perto do horário de saída, começa o encaixotamento das marmitas e a expedição para as duas Kombis, pois haverá a distribuição pela região do centro de São Paulo, em específica região do Mercado Municipal.

8.2. RESULTADOS SOCIOLÓGICOS

A partir das visitas ao Núcleo e pesquisas feitas, o conhecimento sobre as desigualdades sociais e a situação dos moradores de rua foi aprofundado. Percebe-se que existem muitas diferenças entre essas pessoas, e na maior parte das vezes não se encontram nessa situação de rua porque querem, e sim por fatores externos. Es psassam por muitas dificuldades perante a essa trajetória, ficam dias sem comer, dias sem banho, passam fome, frio, calor e até mesmo sede.

Ao presenciar um pouco do cotidiano dos moradores de rua, passa-se a entender mais sobre suas vidas, o que possibilita a prática da empatia e amor ao próximo. E com isso, cria-se a consciência do quanto é importante ajudar o próximo, mesmo que a ajuda seja mínima, ela acaba sendo essencial para tornar o dia de alguém diferente.

Por essas pessoas serem normalmente ignoradas por grande parte de população, pode-se perceber que uma simples refeição, uma conversa ou qualquer ato de solidariedade tem o poder de mudar o dia, ou até mesmo a vida de alguém.

8.3. VISITAS

No dia 09 de junho de 2018 ocorreu a primeira visita ao Núcleo Assistencial, no qual as integrantes do grupo juntamente com a professora orientadora Hânia Pilan foram ao Núcleo com o objetivo de ter um primeiro contato presencial. Em um primeiro momento conheceu-se o fundador do Núcleo, Kaká Ferreira, e logo em seguida foi feita uma entrevista (Anexo 1) com o intuito de saber mais sobre a história (6.1. História do Núcleo Assistencial), os valores (6.2 Missão), como os suprimentos são adquiridos, como a refeição é preparada, como funcionam as entregas e onde estas são feitas (7.1 Resultados Logísticos). Além disso, conheceu-se a estrutura do Núcleo, onde as refeições são preparadas e onde as doações são armazenadas, como mostrado nas fotos do Anexo 1.

Já na segunda visita, no dia 28 de julho de 2018, as integrantes do grupo acompanhadas pela professora Hânia Pilan e alguns pais vivenciaram na prática como funciona a rotina do Núcleo, além de levar os resultados da campanha de agasalho. Participou-se da montagem das marmitas, da separação da vestimentas e da entrega das marmitas juntamente com uma garrafa de água. Foi um momento de reflexão onde pode-se acompanhar de perto um pouco de vida dos moradores no centro da cidade de São Paulo, viu-se as condições precárias em que vivem, a falta de afeto e como um simples gesto, tal como a entrega de uma refeição pode mudar o dia de uma pessoa (fotos no Anexo 2).

8.4. CAMPANHAS

Foram feitas duas campanhas ao longo do projeto de pesquisa, com o intuito de ajudar o Núcleo Assistencial; a primeira realizada, pensando na estação da época, foi a Campanha de Agasalhos, que começou no dia 21 de maio e durou até 22 de junho. (Anexo 3)

A segunda campanha durou do dia 27 de agosto até 20 de setembro, com o intuito de arrecadar alimentos e materiais de limpeza para ajudar o Núcleo em sua rotina. (Anexo 3)

8.5. DIVULGAÇÃO

Como produto final, juntamente com este relatório, será apresentado um curta informativo do Núcleo Assistencial Anjos da Noite, e será divulgado em plataformas digitais, como o Youtube. (Anexo 5)

9. CONCLUSÃO

A partir das pesquisas de campo e exploratórias, pode-se observar mais de perto com as desigualdades sociais, entre outros fatores, afetam a vida dos moradores de rua; que passam por necessidades e enfrentam batalhas diárias para conseguir viver mais um dia entre os muros da cidade de São Paulo.

Através de uma refeição, um diálogo e até mesmo um simples abraço o Núcleo Assistencial Anjos da Noite é capaz de impactar a vida dessas pessoas. Por trás dessa refeição, por exemplo, há todo um processo logístico que quando bem administrado pode atingir mais pessoas com uma melhor qualidade, impactando assim mais vidas.

Para um processo logístico melhor planejado, foi sugerido uma mudança no processo de vestimenta, outro fator que influencia e afeta a rotina diária dos moradores de rua. Espera-se que quando implementada, essa modificação seja capaz de melhorar o processo, fazendo com que este seja capaz de alcançar mais pessoas.

10. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CICONELLO, Alexandre. nota técnica ao pls n.º 07 de 2003. ABONG. Disponível em: . Acesso em: 05 de maio de 2018.

FALCONER, Andres Pablo; FISCHER, Rosa Maria. Desafios da parceria governo e terceiro setor. Revista de Administração, São Paulo, v. 33, n. 1, p. 12-19, jan/mar 1998.

GUEDES, Walkiria. O CENTRO COMUNITÁRIO SÃO MARTINHO DE LIMA: UM ESPAÇO DE VIVÊNCIA PARA A POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA EM SÃO PAULO. 2014. 205. Mestrado, PUC – SP, 2014.

JUNIOR, Carlos. ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS – ONGs COMO ESPAÇO DE INVESTIMENTO PROFISSIONAL. 2006. Pós-Graduação, Universidade Federal do Ceará, 2006

NÚCLEO ASSISTENCIAL ANJOS DA NOITE Disponível em: Acesso em: 22 de fevereiro de 2018

RECEITA FEDERAL DO GOVERNO FEDERAL Disponível em: Acesso em: 04 de maio de 2018

SOUSA, Anne. EU SOU DE RUA, MAS TAMBÉM SOU GENTE. 2012. 249. Pós-Graduação, Universidade Federal de Pernambuco, 2012.

ANEXO 1

Imagem 1

Imagem 2

Imagem 3

ANEXO 2

Primeira Visita ao Núcleo Assistencial Anjos da Noite.

Armazenagem das vestimentas.

Entrevista com o fundador Kaká Ferreira.

Foto com os fundadores e voluntário do Núcleo.

Montagem das marmitas.

Entrega das marmitas no centro da cidade de São Paulo.

Entrega das marmitas no centro da cidade de São Paulo.

ANEXO 3

Slogan da campanha de agasalho.

Slogan da campanha de alimentos.

ANEXO 5

https://www.youtube.com/watch?v=gGxxhVL6HTY&feature=youtu.be

Autoria de:

Giovanna de Souza Almeida

Marcela Terumi Luz Campos

Marieta Alexandre da Costa

Marina Zanardo Pedro

Vitoria  Candido Maciel


Publicado por: Marina Zanardo Pedro

O texto publicado foi encaminhado por um usuário do site por meio do canal colaborativo Monografias. O Brasil Escola não se responsabiliza pelo conteúdo do artigo publicado, que é de total responsabilidade do autor. Para acessar os textos produzidos pelo site, acesse: http://www.brasilescola.com.