Topo
pesquisar

Custo de Produção da Cialimentos Ltda

Administração e Finanças

É indispensável uma verificação mais profunda do custo de produção na CIALIMENTOS LTDA, a fim de confrontar algumas distorções neste processo.

índice

1. RESUMO

O custo de produção na CIALIMENTOS LTDA, torna-se indispensável uma verificação mais profunda a fim de confrontar algumas distorções neste processo, A finalidade deste estudo e introduzir ferramentas que auxilie no controle da produção e otimizar a eficácia gerencial na empresa, com intuito de aumentar a competitividade do produto, as planilhas de custo de produção e uma importante ferramenta nesta verificação o prazo de levantamento dos dados deve ser de imediato para que não haja perda de tempo para implantação destas melhorias.

Palavras-chave: Apuração, Análise, Interpretação e Implantação.

ABSTRACT: The cost of production in Cialimentos Ltda, it is essential to a deeper check to confront some distortions in the process, the purpose of this study and introduce tools that assist in controlling the production and optimize the effectiveness of the management company, in order to increase the competitiveness of the product, spreadsheets cost of production and an important tool for this check the period of data collection should be immediately to avoid loss of time for implementation of these improvements.

Key words: Investigation, Analysis, Interpretation and Implantation.

2. INTRODUÇÃO

O êxito empresarial demanda cada vez mais de uso de práticas de controle de produção adequadas, atualizadas e dinâmica de fácil aplicabilidade. O gestor carece de informações precisas, pois é de grande valia para mundo dos negócios estarem sempre atualizado com a realidade do mercado atual, sua mudança frenética, suas inovações e métodos para ter condições para de que suas decisões tenham sucesso para continuidade da empresa.

Quando o mercado retrai as decisões tem que serem rápidas não podendo dar espaço para tempestividade, o gestor para ter êxito necessita de informações dos custos de produções confiáveis e oportunas no tempo certo para com base nestas informações para implantar o controle de custo industrial de sucesso.

O controle de produção eficaz, nos dias atuais é de extrema importância para sobrevivência da empresa, traz consigo a necessidade suprema de informação e decisão que sustenta a empresa em constante situação de competitividade. A empresa independentemente de seu ramo de atividade tem em sua estrutura um movimento natural de sazonalidade de produção num determinado período.

E importante o controle do custo de produção nas indústrias beneficiadoras de arroz, para fins gerências dos gestores da empresa nas tomadas de decisões.

“São custos de produção os gastos incorridos no processo de obtenção de bens e serviços destinados à venda” (Martins, 2001, pag.46)

3. FUNDAMENTAÇÃO

No inicio, a contabilidade de custos surgiu com o princípio das empresas industriais a partir do século XVIII. Ocorreu para atender a uma necessidade em atribuir custos aos estoques de produtos produzidos pela empresas industriais.

Na década de 1950, pela necessidade do aprimoramento das funções da própria contabilidade de custos surge a contabilidade gerencial, cuja meta principal e auxiliar o gestor nas tomadas de decisões de planejamento e controle.

O custo permite ao gestor verificar quanto custa produzir cada um dos bens ou serviços. Estes custos de produção, confrontado com aos preços de venda revela a margem de lucro de cada item, proporciona ainda, as decisões sobre as opções mais vantajosas a serem implantada no sistema produtivo.

Conforme Robles Jr. (2009) “É sabido por aqueles que atuam na área de custos, que a contabilidade de custos há muito deixou de ser simplesmente uma ferramenta para valorar estoques”.

Os responsáveis pelos custos da empresa devem ficar atento, é considerar arriscado de se exagerar neste detalhamento da apuração do custo e procurar evitá-lo.

Segundo Santos (2000) “O controle dos custos representa o cérebro ou o pulmão ou o coração ou o espírito sem qual uma firma não sobreviveria”.

A estrutura e o detalhamento na apuração de custos devem ser sempre compatíveis com o tamanho da empresa. Não adianta montar um sistema de controle sofisticado de custo em uma empresa que não tem condições, operacionais e financeiros para mantê-lo, E melhor controlar sem muito detalhe do que não controlar.

“A eficiência somente é medida a partir do instante em que possuímos parâmetros de comparação”. (Santos, 2000, pag. 114)

Segundo Ribeiro (2009) “Os custos são os gastos incorridos na área de produção, ao passo que as despesas são os gastos incorridos na área administrativa, comercial e financeira”.

Os custos se dividem em custos diretos e indiretos;

Os custos diretos compreendem os gastos com matérias, mão de obra e gastos gerais de fabricação, aplicado diretamente na fabricação dos produtos.

Os custos indiretos compreendem os gastos com matérias, mão de obra e gastos gerais de fabricação, aplicado indiretamente na fabricação dos produtos e aquele que impossibilita uma segura e objetiva identificação em relação aos produtos fabricados.

“A acumulação de custo e feita sobre cada tipo diferente de produto”. Dutra (1986:115)

Sistemas de Custeio: Existem vários sistemas que podem ser utilizado para o custeamento dos produtos na empresa: alguns com fins específicos de alocar aos produtos os custos indiretos encontramos no sistema de custeio por departamento. O sistema de custeio tem fins especifico de promover a produção do custo total de fabricação dos produtos, como por exemplo: com os sistemas de custeio direto, por absorção, custeio abc e Reichskuratorium Fur Wirtschaftlichtkeit (RKW).

Explica Leone (2000, pag. 23) Afirma “Os sistemas de custeio são estabelecidos em conformidade com as necessidades dos usuários e segunda a natureza das operações e das atividades da entidade”.

Custeio Direto ou Variável: Esse sistema contempla como custo de fabricação somente os custos diretos ou variáveis. Nesse caso, os custos indiretos integram os resultados juntamente com as despesas.

Por contemplar apenas parte dos custos incorridos na fabricação, esse sistema não é aceito pelo Fisco para direcionar a contabilização dos custos incorridos aos produtos. A inclusão da carga de custos indiretos juntamente com as despesas onera o resultado.

Custeio por Absorção: Esse sistema de custeio contempla como custo de fabricação todos os custos incorridos no processo de fabricação do período, sejam eles diretos ou indiretos. Nesse caso somente as despesas integrarão o resultado do exercício.

Custeio RKW: O sistema criado por um órgão governamental da Alemanha considera como custo dos produtos todos os custos e as despesas incorridos no período. No Brasil contabilmente é inviável a adoção desse sistema, uma vez que fere os princípios fundamentais de contabilidade, em especifico a principio da competência e também se incompatibiliza com a legislação tributaria.

Custeio Baseado em Atividades (ABC) Activity-basead Costing: E um sistema de custeio que se caracteriza pela atribuição dos custos indiretos aos produtos por meio de atividades.

Atividade e um conjunto de tarefas decorrentes da combinação de recursos humanos, financeiros, materiais e tecnológicos que visa à produção de bens ou a prestação de serviços.

O custo de produção está diretamente ligado, ao setor produtivo e necessário apenas à fabricação dos produtos que são matérias primas, mão de obra e outros custos indispensáveis à fabricação, compreende a soma dos gastos com bens e serviços aplicados ou consumidos na fabricação.

Classifica-se em custos fixos, variáveis e mistos.

Fixos: Os custos de estrutura que ocorrem período após período sem variações ou cujas variações não ocorrem com conseguência de variação no volume de atividade em períodos iguais.
Exemplo: Aluguel de Imóvel ocupado pela Indústria.

Variáveis: Custos que variam em função da variação do volume de atividade, ou seja, da variação da quantidade produzida no período. Quanto maior o volume de atividade no período, maior será o custo variável e consequentemente quanto menor o volume de atividade no período, menor será o custo variável.

Mistos: São aqueles que possuem no seu total uma parcela fixa e outra variável.
Exemplo: Aluguel de copiadora.

Os gestores necessitam cada vez mais das informações sobre o controle de produção da empresa devidamente atualizada e de forma confiáveis ao estabelecer o custo de produção como ferramenta gerencial que auxilia para fins de tomadas de decisões tendo uma visão transparente do esforço da empresa.

As empresas necessitam ficar em alerta contra os aumentos de custos, necessitando ter profissionais atento para analise e controle de custos.

A implantação de um controle de custo precisa de sistema de registro de custos, planilha com detalhamento para acompanhar o orçamento planejado pela empresa.

A questão de programa de registros e software somente tem uma excelente aplicabilidade com o acompanhamento de relatório e intervenção de imediato no operacional da empresa.

Ao estabelecer um sistema de custo antes e essencial uma análise detalhado e sensato da planilha de custo, para saber os itens devem ser realmente reduzido e com isso não impactar no faturamento da empresa.

4. METODOLOGIA

Investir na elaboração de um estudo de caso da CIALIMENTOS LTDA, no que tange o Custo de Produção, em analise dos dados fornecido pela empresa, apresenta uma necessidade de implantar um sistema de Custo de Produção eficaz que traga um melhor controle na fabricação dos produtos, evitando desperdício, consta que na empresa não possui nenhum controle contábil, não tendo informação gerencial extremamente importante na tomada de decisões dos gestores.

Para o desenvolvimento deste estudo científico utilizaremos livro de custo com obras de referencia que aborda intensamente o assunto em questão, pesquisaremos fatos atualizados sobre assunto, Alem de informações gerais sobre o tema e todas as informações necessárias e disponíveis para o enriquecimento desta pesquisa que visa contribuir com a empresa e ser fonte de pesquisa futura.

Trabalharemos o assunto na inicio de forma bibliográfico com conhecimento teórico de escritores, e na próxima etapa um estudo de caso, uma analise das necessidades da empresa CIALIMENTOS LTDA, com indagação que vem atender os anseios da empresa.

Para que este Estudo de Caso seja de grande valia para empresa, instituição de ensino, e sociedade em geral.

5. ANÁLISE DOS DADOS

Mercado do Arroz, a produção de arroz estimada no Brasil em 2011 gira em torno de 12.831,4 mil toneladas e a produção por hectares em 4.218 kg/ha, à competitividade com outros países vizinhos produtores do grão e a Argentina, Uruguai e Paraguai.

O Brasil tem recebido arroz destes países sem restrições, também temos os estados brasileiros que se destacam na produção que e o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, responsáveis por 70% da produção Nacional.

A CIALIMENTOS LTDA, uma empresa instalada em Mato Grosso, no distrito Industrial de Cuiabá, tendo uma importância econômica o beneficiamento de arroz para Estado, o surgimento da empresa ocorreu em 1983, encontra-se hoje entre as maiores empresas do País.

A capacidade da empresa e para produzir 700 mil fardos por ano, mais a produção atual gira em torno de 500 mil fardos, tendo uma ociosidade de 200 mil fardos, neste estudo vamos analisar o custo de produção da empresa de modo conseqüente aumentar a produção, melhorar o Market Share.

A empresa e classificada como sendo de grande porte com um faturamento anual superior a R$ 45 milhões, a mesma possui uma gestão totalmente centralizada, tendo no setor produtivo um turn-over significativo impactando na produtividade da empresa, aumentando o custo de treinamento principalmente na área produtiva.

A satisfação dos clientes e sua retenção e ainda a reputação no mercado não possui indicadores para medição. A empresa no aspecto de controle financeiro não possui nenhum tipo de controle contábil, apenas com escrituração contábil fiscal, feito por um escritório que não fornece nenhuma informação gerencial para gestores, não tem informações sobre o índice solvência, rotação e retorno informação estas adquirida somente com um sistema contábil informatizado, que tem por finalidade proporcionar um embasamento para tomada de decisões.

Ainda sem contar com um planejamento financeiro o histórico e favorável quanto à situação patrimonial apesar de sua administração familiar.

6. PROPOSTA DE SOLUÇÃO

Detectamos na CIALIMENTOS LTDA, uma deficiência no controle do custo de produção devido a mesma não possui nenhum planilha sobre custo produzido, sendo assim vamos corrigir esta situação com aplicação de ferramentas eficaz que visa dar maior segurança no processo produtivo corrigindo possíveis falhas.

A solução para implantação do sistema de controle de custos necessita ter o apoio incondicional da direção da empresa e empenho dos responsáveis da empresa para a continuidade da gestão de custo de produção, e tenha a iniciativa que todos os envolvidos, absorva as novas ferramentas de tecnologia no controle de produção.

A principio o levantamento dos dados de produção e os custos envolvido e fundamental para implantar o sistema de custo, visto ainda que as empresas no mercado estão vivendo um ambiente de grande competição atualmente, estas ferramentas e fundamental para continuidade, com o propósito da manutenção e perpetuação da empresa, iremos utilizar um plano de ação para que o planejamento proposto e necessário seja devidamente acompanhado a sua implantação e a correção de imediato de alguns desvio identificado.

O controle do custo visa aumentar a capacidade de produção em 200 mil e melhorar a gestão dos custos das 500 mil produzidos atualmente pela empresa.

PLANO DE AÇÃO 5W2H

Tabela demonstrando o Plano de Ação 5W2H

Tabela de Implantação do Controle de Custo de Produção

7. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Na atual economia mundial os mercados se interagem uns com outros numa rapidez impressionante na velocidade da luz onde quase na totalidade dos países do Planeta tem relações comerciais mútua com diversos mercados independentemente da sua classificação internacional, importando e exportando seus produtos de bens de matéria prima ou devidamente processada para consumo, por esta razão torna-se cada vez mais necessário que os gestores estejam sempre em sintonia com o mercado e assim sendo tendo o intuito de buscarem sempre alternativa para superar os desafios encontrados no mundo do negócio.

O desenvolvimento de novas ferramentas que auxiliem o processo de tomada de decisão nas empresas deve ser incentivado, Sendo os instrumentos gerenciais de caráter mais dinâmico, o controle do custo de produção merece destaque, pela capacidade atual e também para projeção de situações futuras.

Tendo como um aspecto importante a ser considerado o controle de produção e essencial para direção da empresa, fazendo o acompanhamento do dia a dia das atividades produtivas da empresa, sempre objetivando a perfeita interpretação pelos gestores dos números apresentados.

8. REFERÊNCIAS

DUTRA, René Gomes. Custos: Uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 1986.

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de Custos. 2º ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. 8º ed. São Paulo: Atlas, 2001. RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade de Custos. São Paulo: Saraiva, 2009.

ROBLES JR, Antonio (Coord). Contabilidade de Custos-Temas Atuais. Curitiba: Juruá, 2009.

SANTOS, Joel J. Analise de Custos: Remodelado com ênfase para custo marginal relatórios e estudos de caso. 3º ed. São Paulo: Atlas, 2000.


Publicado por: Valmir Aparecido Leme

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Monografias Brasil Escola