Topo
pesquisar

Enfermagem

A enfermagem é uma profissão que visa garantir a promoção e o restabelecimento da saúde. É exercida por enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e pela parteira.

Enfermagem é uma profissão muito ampla e complexa voltada à promoção e ao restabelecimento da saúde das pessoas.

De acordo com a lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, “a enfermagem é exercida privativamente pelo enfermeiro, pelo técnico de enfermagem, pelo auxiliar de enfermagem e pela parteira, respeitados os respectivos graus de habilitação”. Ainda de acordo com essa lei, a enfermagem só pode ser exercida por pessoas que estejam legalmente habilitadas e inscritas no Conselho Regional de Enfermagem.

Leia também: Organização Mundia de Saúde (OMS)

→ Curso de Enfermagem

O curso de Enfermagem dura entre quatro e cinco anos, dependendo da instituição de ensino escolhida. Durante o curso, o aluno terá acesso a matérias teóricas e a aulas práticas, tendo contato direto com pacientes.

Durante sua formação, o futuro profissional cursará disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Microbiologia, Biologia Celular, Histologia, Embriologia, Ética, Psicologia, Imunologia, Patologia, Cuidados em Saúde Mental, Saúde do Trabalhador, Cuidado ao Adulto e ao Idoso, Enfermagem Familiar, Enfermagem Oncológica, entre outras.

Vale destacar que a grade curricular varia de uma universidade para outra.

Enfermeiro
O enfermeiro poderá prestar assistência a pacientes de grande complexidade.

→ O que o enfermeiro faz?

O profissional formado em Enfermagem poderá prestar assistência a pacientes graves e realizar procedimentos de alta complexidade. Além disso, poderá supervisionar auxiliares e técnicos em enfermagem na realização de suas atividades.

De acordo com o decreto nº 94.406/87, ao enfermeiro incube privativamente:

a) direção do órgão de enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública ou privada, e chefia de serviço e de unidade de enfermagem;

b) organização e direção dos serviços de enfermagem e de suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços;

c) planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços da assistência de enfermagem;

d) consultoria, auditoria e emissão de parecer sobre matéria de enfermagem;

e) consulta de enfermagem;

f) prescrição da assistência de enfermagem;

g) cuidados diretos de enfermagem a pacientes graves com risco de vida;

h) cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos científicos adequados e capacidade de tomar decisões imediatas.

Leia também: Saúde e bem-estar

→ Curso de Técnico em Enfermagem

O curso de Técnico em Enfermagem dura entre um ano e meio e dois anos e forma profissionais aptos a prestarem serviços de enfermagem a pacientes de média e alta complexidade.

Durante o curso, o futuro profissional estudará disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Epidemiologia, Saúde Coletiva, Microbiologia, Parasitologia, Imunologia, Saúde e Segurança no Trabalho, Urgência e Emergência, Saúde Mental, Saúde do Adulto, entre outras.

→ O que o técnico em enfermagem faz?

Técnico em enfermagem
O técnico em enfermagem pode prestar assistência a pacientes com média e alta complexidade.

O técnico em enfermagem poderá realizar pequenas intervenções, fazer curativos, atuar em hospitais, clínicas, consultórios médicos, ambulatórios, unidades de pronto atendimento, entre outros.

De acordo com o decreto nº 94.406/87, o técnico em enfermagem exerce as atividades auxiliares, de nível médio técnico, atribuídas à equipe de enfermagem, cabendo-lhe:

  • assistir o enfermeiro;

  • executar atividades de assistência de enfermagem (excetuadas as privativas do enfermeiro e dos profissionais titulares de diploma ou certificados de Obstetriz ou de Enfermeira Obstétrica);

  • integrar a equipe de saúde.

Curso de Auxiliar de Enfermagem

O curso de Auxiliar de Enfermagem dura, em média, um ano e tem como objetivo formar um profissional que atuará, principalmente, fornecendo ajuda ao técnico em enfermagem e ao enfermeiro.

Durante esse curso, o profissional aprenderá cuidados básicos relacionados à alimentação e à higiene e estará apto a assistir pacientes com quadros de baixa e média complexidade. Esse profissional terá disciplinas como Anatomia, Fisiologia, Microbiologia, Introdução à Enfermagem, Psicologia, Enfermagem em Clínica Médica, Enfermagem em Saúde Pública, entre outras.

O que o auxiliar de enfermagem faz?

Auxiliar de enfermagem
O auxiliar de enfermagem deve zelar pela segurança e pela higiene dos pacientes.

De acordo com o decreto nº 94.406/87, o auxiliar de enfermagem executa as atividades auxiliares, de nível médio, atribuídas à equipe de enfermagem, cabendo-lhe:

  • preparar o paciente para consultas, exames e tratamentos;

  • observar, reconhecer e descrever sinais e sintomas, ao nível de sua qualificação;

  • executar tratamentos especificamente prescritos ou de rotina, além de outras atividades de enfermagem;

  • prestar cuidados de higiene e conforto ao paciente e zelar por sua segurança;

  • integrar a equipe de saúde;

  • participar de atividades de educação em saúde;

  • executar os trabalhos de rotina vinculados à alta de pacientes;

  • participar dos procedimentos pós-morte.

Diferença entre enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem

Apesar de atuarem na área de enfermagem, o enfermeiro, o técnico em enfermagem e o auxiliar de enfermagem possuem algumas atribuições distintas. Uma das diferenças é o tipo de paciente como o qual esses profissionais vão lidar.

O auxiliar pode assistir pacientes de baixa e média complexidade, enquanto o técnico também atua com pacientes de alta complexidade. Os enfermeiros, por sua vez, podem atuar com pacientes mais graves, além de supervisionar o trabalho de auxiliares e técnicos.

Salário do profissional em enfermagem

O enfermeiro, o técnico e o auxiliar de enfermagem apresentam remunerações distintas, sendo o enfermeiro o especialista com maior remuneração.

Segundo o Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF), o salário de um auxiliar de enfermagem varia entre R$ 600 e R$ 2200. Já o técnico em enfermagem apresenta remuneração que varia entre R$ 800 e R$ 3000. Por fim, o enfermeiro pode apresentar um salário de até R$ 6000.

Vale salientar que não há um piso definido por lei. Sendo assim, esses valores podem variar de uma localidade para outra e também se o profissional está realizando suas atividades no setor público ou privado.

Leia também: O início das políticas públicas para a saúde no Brasil


Por Me. Vanessa Sardinha Santos

A enfermagem é uma profissão que visa promover a saúde da população.
A enfermagem é uma profissão que visa promover a saúde da população.
PUBLICIDADE

A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

A Formação Profissional do Enfermeiro Docente, Que Atua no Ensino Técnico

A PERCEPÇÃO DE ACADÊMICOS DO CURSO DE ENFERMAGEM BACHARELADO SOBRE A SISTEMATIZAÇÃO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM (SAE)

A RELEVÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM FRENTE A MULHER DIAGNOSTICADA COM CÂNCER DE MAMA

PUBLICIDADE

Analisar o Nível de Conhecimento do Profissional de Enfermegem Relacionado à Educação em Saúde na Prevenção das Complicações dos Pacientes Diabéticos

ASSISTÊNCIA MULTIDISCIPLINAR AO IDOSO COM DIABETES MELLITUS TIPO 2

Atuação do Enfermeiro Diante do Processo de Morte e Morrer do Paciente terminal

Atuação do Enfermeiro do Programa Saúde da Família na Prevenção e Controle da Gravidez Precoce

Avaliação do estresse do Enfermeiro em Unidade de Emergência Hospitalar

Complicações no pós-operatório imediato de transplante hepático: evidências para assistência de enfermagem intensiva

O enfermeiro na coleta do material citopatológico: a percepção da usuária do Sistema Único de Saúde

O ensino da Arte de cuidar: A Escola Irmã Maria Antonieta Blanchot e a formação de Auxiliares e técnicos em Enfermagem em Teresina ( 1958 a 1984 )

OS BENEFÍCIOS DA TERAPIA DO RISO INTERLIGADOS À ENFERMAGEM: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Papel do enfermeiro na saúde do adolescente com Anorexia Nervosa

Pontos Relevantes para o Funcionamento Adequado de uma Sala de Vacinas

REPRESENTAÇÃO SOCIAL DA GRAVIDEZ EM MULHERES PRIMIGESTAS ASSISTIDAS NO AMBULATÓRIO PRÉ-NATAL DA MATERNIDADE ESCOLA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

SONO X TRABALHO A INFLUÊNCIA DA QUALIDADE DO SONO NA VIDA DOS MOTORISTAS E DOS DIVERSOS PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM DE TURNO: UMA REVISÃO DE LITERATURA

TIPOS DE CURATIVOS UTILIZADOS EM PACIENTES ACOMETIDOS POR LESÃO POR PRESSÃO

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Monografias Brasil Escola