Topo
pesquisar

Notas explicativas

Regras da ABNT

Notas explicativas, nota explicativa no pé da folha, notas de referência, notas explicativas no texto, exemplo de notas explicativas no texto, exemplo de notas explicativas no pé da folha.
As notas explicativas servem para que o autor do trabalho ilustre, esclareça ou explique aspectos do texto que julga melhor não expor em seu texto. Quando a nota explicativa aparece no pé da folha, as notas de referência devem vir ao final do texto, segundo o sistema alfabético.

NO TEXTO: É a idéia da conscientização como um telos da educação ética, em uma reformulação do imperativo categórico kantiano1 (cf. Kant, 1996). De acordo com a autora, o imperativo categórico assimilado pelo cognitivismo implica a ação individual que visa ao equilíbrio absoluto da razão vital2 (Freitas, 2003, p.56). Aliás, a proposta de Piaget é mesmo “estudar o julgamento moral, e não os comportamentos ou sentimentos morais3” (Piaget, 1994, 7). É esse tipo de entendimento que Silva inclui entre as pedagogias psi4 (Silva, 1998, p.9).

___________
1 Nesse sentido, com toda a centralidade que Kant atribui à universalização da máxima que preconiza.

2 É bom não esquecer que Piaget era biólogo e levou a influência de sua formação acadêmica para a área em que pesquisou, a psicologia. Por isso, a idéia de equilíbrio, com fundamento biológico, faz-se presente em suas teorias.

3 A fundamentação da moral, como norteador da conduta humana, requer a apreciação nas perspectivas racional e emocional. A pessoa humana não é apenas cérebro, desprovida de sentimentos.

4 Como complemento a essa idéia, ver os trabalhos de Larrosa, citados ao longo deste trabalho e listados nas referências bibliográficas.

Referências bibliográficas

FREITAS, L. A moral na obra de Piaget: um projeto inacabado. São Paulo: Cortez, 2003.

KANT, I. Fundamentação da metafísica dos costumes. Trad. P. Quintela. Lisboa: Edições 70, 1996.

PIAGET, J. O julgamento moral na criança. Trad. E. Lenardon. São Paulo: Summus, 1994.

SILVA, T. T. da. Liberdades reguladas: a pedagogia construtivista e outras formas do governo do eu. Petrópolis: Vozes, 1998.

Publicado por: Marina Cabral da Silva

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Monografias Brasil Escola