Topo
pesquisar

Dissertação e Tese: traços que as definem

Regras da ABNT

Traços específicos definem a dissertação e a tese, passíveis, portanto, ao conhecimento de todos aqueles que desejam ingressar na carreira de alunos- pesquisadores.

Longo, “curvilíneo”, complexo, promissor, apaixonante... Tais adjetivos podem definir o trajeto traçado por todos aqueles que desejam e, sobretudo, buscam incansavelmente dar continuidade aos estudos de pós-graduação, cujos objetivos são os de conferir continuidade à formação de uma forma geral e, acima de tudo, satisfazer a determinadas pretensões, sejam elas no âmbito pessoal ou profissional.

Imersos nesse contexto e, não raro, muitos que fazem parte desse “público” se sentem questionados acerca de alguns aspectos pertinentes ao cotidiano acadêmico, haja vista que distintas etapas têm de ser rigorosamente cumpridas. Assim, por a elas fazer menção, o artigo em pauta se reserva à condição de promover a você, caro (a) usuário (a), alguns esclarecimentos sobre os passos a serem desenvolvidos, sobretudo aqueles inerentes à produção material – procedimento esse resultante de todos os seus esforços enquanto questionador (a), enquanto pesquisador (a), enfim, enquanto conhecedor (a) de um dado fenômeno científico, no qual as descobertas por você realizadas poderão e muito contribuir para o universo científico e para a sociedade de uma maneira geral.

Assim, entre alguns questionamentos que tendem a se fazer presentes estão aqueles relacionados às características que norteiam a chamada dissertação, bem como aquelas que sustentam a recorrente “tese”, ainda que conhecida por muitos, aparenta-se pouco compreendida  por parte de alguns.

Dessa forma, atendo-nos a uma noção primeira, torna-se relevante afirmar que a dissertação é oriunda de um programa de pós-graduação Stricto sensu, equivalente ao mestrado, o qual confere ao estudante-pesquisador o título de mestre.  Uma vez envolvido nesse trabalho, ele desenvolve a oportunidade de iniciar sua carreira de iniciação científica propriamente dita.

Quanto à estrutura, por se tratar de uma produção de tal natureza (científica), alguns aspectos devem ser priorizados ao longo do trabalho, tais como a problematização, os objetivos, a metodologia e, sobretudo, o referencial teórico – elemento norteador de todas as ideias, de todos os argumentos abordados ao longo da produção.  Outro passo a ser cumprido, depois dos resultados materializados por escrito, diz respeito à apresentação pública dos resultados obtidos.

Na medida em que o pesquisador desenvolve seu trabalho de forma gradual, os esforços dele oriundos parecem se compor no mesmo patamar, ou seja, constata-se uma dedicação, um aprofundamento maior acerca daquilo que se pretende – passos esses que sinalizam que ele se mostra pronto para ingressar numa linha de pesquisa ainda mais complexa, original, cujo trabalho a ser desenvolvido está em torno de um tema ainda não abordado, isto é, original. Assim retratando, cabe afirmar que as descobertas serão valiosíssimas para o conhecimento do objeto ora tratado.

Estamos, pois, referindo-nos à tese, a qual confere ao pós-graduando o título de doutor, cuja característica principal se define pela originalidade da temática explorada, o que significa afirmar que o pesquisador se encontra na condição de alguém com o manejo, com a criatividade de trabalhar com a matéria científica de forma rigorosa, a qual resultará numa significativa contribuição para uma dada área do conhecimento.

Por fim, como norteador de todo esse processo, um aspecto que se mostra relevante se define pelo fato de que essa tese, uma vez resultante de toda uma argumentação, pode também ser alvo de refutação – razão pela qual todos os argumentos precisam ser cientificamente fundamentados.


Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Monografias Brasil Escola